Produtos para couro e laboratório.


Idioma:

Ação Social

HISTÓRICO DA INSTITUIÇÃO
A ABEFI nasce no momento histórico da urbanização do Brasil. Na década de 60 a grande maioria das pessoas vivia no campo. O processo de industrialização desloca um contingente enorme de agricultores para as cidades em busca de emprego na jovem indústria dos País. No caso de Novo Hamburgo aconteceu a rápida expansão da indústria de calçado que acolhe a mão de obra dos migrantes.

Muitos migrantes eram agricultores que não tinham experiência na fabricação de calçados. Como não conheciam o oficio não conseguiam emprego. Preocupado com esta situação o P. Sebaldo Nörenberg criou, junto com as forças locais e apoio da comunidade religiosa, a Escola Fábrica. Nela, os ex-agricultores iniciaram o aprendizado na fabricação de calçados. Logo as mulheres começaram a procurar a Escola Fábrica para ingressarem no mercado de trabalho. Elas traziam junto às crianças que não tinham onde ficar. No templo em construção da comunidade religiosa foi criado o Clube da Criança. Membros da comunidade e voluntários ensinavam e cuidavam das crianças enquanto os pais aprendiam a fabricar calçados, na Escola Fábrica. Para estruturar melhor o trabalho e dar conta da demanda as pessoas envolvidas no trabalho da Escola Fabrica, criaram a Associação Beneficente Evangélica da Floresta Imperial em 6 de agosto de 1968.

O crescimento da cidade estabelecia novas demandas. E a nova entidade começou a ampliar a sua ação conforme as necessidades do momento.

Logo o número de crianças cresceu e foi necessário projetar uma creche. A creche foi construída e atua até os dias de hoje atendendo gratuitamente a 180 crianças de famílias de baixa renda.

A ABEFI, com a preocupação de atender pessoas em situação mais difícil do que a dos migrantes que conseguiam mudar de profissão, criou, a Ação Encontro. Era um trabalho de voluntários da comunidade que levava alimentos e confeccionava acolchoados com restos industriais com as mulheres. Os encontros iniciaram embaixo de uma árvore. Deste trabalho nasceu a Ação Encontro. Atualmente o foco de trabalho na Ação Encontro é a criança em situação de risco social e a geração de renda para jovens e adultos.

Aos poucos, a demanda de crianças órfãs em situação de miserabilidade, desafiou a ABEFI a enfrentar a situação. Diante da necessidade crescente foi criado o Lar Padilha que completa 30 anos de atuação em 2008. O Lar abriga 70 crianças e adolescentes em plena conformidade com o Estatuto da Criança e do Adolescente.

A Associação Beneficente Evangélica da Floresta Imperial - ABEFI - é uma sociedade civil, filantrópica, sem fins lucrativos e voltada, fundamentalmente, para a área da educação e da assistência à crianças e adolescentes em situação de pobreza. Também realiza um trabalho com mulheres em situação econômica difícil. Como sempre leu as necessidades do tempo presente a ABEFI procura desenvolver projetos que levem a pessoa a auferir renda própria e a se tornar autônoma, sujeita e independente socialmente. Como fundamento está presente, em toda a sua atuação, a promoção da cidadania, a preservação dos laços familiares, o amparo à criança e ao adolescente e às mulheres empobrecidas. Atualmente, a ABEFI reúne diariamente 677 crianças e adolescentes para educação e assistência. Do total 335 recebem educação e alimentação gratuitamente. A instituição serve por mês em torno de 22.500 refeições gratuitamente.

Milhares de crianças, adolescentes, homens e mulheres já receberam o apoio da instituição e conquistaram uma vida melhor. Por isso a ABEFI se atualiza e qualifica o seu trabalho buscando sempre responder as demandas da sociedade em movimento e evolução.

MISSÃO
Oportunizar promoção humana integral a crianças, jovens e adultos por meio de Ações nas áreas social, educacional, esportiva e cultural da região do Vale do Rio do Sinos.

VISÃO
Ser uma organização social de reconhecida credibilidade na promoção humana. No contexto brasileiro.



Rua Aparados da Serra, 96 - Novo Hamburgo - RS | Fone/Fax +55 51 3581.3216